Tratamento de imagem no Scribus

Um ótimo recurso presente no editor de página Scribus é o tratamento de imagem. Naturalmente, não é tão completo quanto um programa específico de tratamento de imagem; mas facilita e muito a finalização de um arquivo, dentro do próprio paginador e sem a necessidade de recorrer a softwares externos.

Mas o Scribus, oferece também a possibilidade de editar a imagem em software externo. Para usuários do sistema operacional Linux, normalmente, esse editor de imagem já vem pré-configurado para ser o Gimp. Mas caso usuário deseje pode configurar o Scribus para outro editor de imagem, o que satisfaz usuários de outros sistemas.

E para definir essa configuração no Scribus é preciso ir no menu Arquivo > Preferências > Ferramentas Externas > Ferramenta de Processamento de Imagem, e definir o editor de imagem preferido.

Seja qual for o seu editor de imagem externo, ele vai trabalhar com o arquivo original, assim você pode querer fazer uma cópia de backup antes de fazer alterações.

Para acessar o editor de imagem externo  pelo Scribus, selecione a imagem e clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e no menu escolha a opção: Editar imagem.

Depois de editar em um editor externo, as alterações geralmente podem aparecer automaticamente no Scribus. Se isso não acontecer, é preciso selecionar a imagem e clicar com o botão do mouse sobre a imagem e no menu escolher a opção Atualizar imagem.

Mas preste atenção nas mudanças feitas na imagem ao se usar um editor de imagem externo, por exemplo se o tamanho da imagem for alterado, vai ser preciso fazer um novo ajuste no Quadro da imagem.

O outro recurso de tratamento de imagem do Scribus é o interno, mesmo com limitadas funções é possível tratar a imagem. Veja a imagem abaixo:

ImageBanana - Capturadetelaem20120211133859.png

Para a acessar essa função: selecione a imagem e clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e no menu escolha a opção Efeitos da imagem ou Ctrl+E (com a imagem selecionada).

São várias funções como Brilho, Contraste, Tons de cinza, Posterizar, etc. E que podem serem usadas ao mesmo tempo, com uma janela de visualização mostrando a evolução das aplicações; assim como também podem ser revertidas a qualquer momento, e quando a tarefa tiver finalizada é só clicar em OK na caixa de diálogo, para finalmente a imagem que está dentro do Scribus sofrer as mudanças feitas. Veja o vídeo demonstrativo:

Particularmente, acho esse um diferencial muito positivo que vem no Scribus, pois no Adobe Pagemaker não tem, e não sei se o Adobe Indesign já incorporou algo parecido.

Fonte: http://www.linuxjournal.com/content/working-images-scribus

,

  1. #1 por jkmsjq em fevereiro 15, 2012 - 11:24 am

    No Adobe InDesign CS5, no menu do botão direito do mouse tem uma função similar a essa denominada Effects, mas faz alterações discretas nas imagens, como por exemplo, criar sombras, aplicar degradês e coisas do tipo. No Scribus, as alterações são mais diretas e o utilizador tem controle maior das alterações, coisa que não acontece no Adobe InDesign CS5

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: