A minha tristeza com certas redes sociais

A proliferação do uso da Internet em tudo o mundo é bom, mas traz alguns cuidados básicos que se deve tomar.

Cuidado com a privacidade, com o que se escreve, com o que se vê, por onde anda, o que armazena nas nuvens, o que se compartilha, o que e quem se adiciona como ‘amigo’, senhas…. Enfim todo o cuidado é pouco, e qualquer usuário pode cair numa armadilha.

Há inúmeros tutorias escritos e de vídeos, ‘ensinando’ métodos extremamente fácies de burlar e causar os mais diversos mal estar para as pessoas.

Essas redes sociais então estão se tornando um local que tais preocupações precisam serem levadas em conta.

Recentemente, a poderosa Google, lançou a sua rede social, o Google+. Com o poder, o nome e a quantidade de produtos que tem bastou poucos meses para conseguir o que outras redes sociais demoraram alguns anos – um significativo número de usuários.

Ai o que vemos, das duas redes socais mais populares do mundo hoje em dia: Facebook e Twitter? Uma corrida sem precedentes para mudanças, num ritmo que elas não estão acostumadas e tão preparadas quanto o Google ao longo dos seus curtos 13 anos vem se estruturando.

Migrei sim para o Google+, tão logo esse começou. Consegui um convite e me cadastrei. Como uso e admiro demais os serviços da Google, logo me senti super satisfeito.

Tanto que fechei meu login no Facebook. Sei que eles deixam o perfil de todos, prontos para voltar a qualquer momento. Se é invasão de privacidade ou não nem vou discutir, pois nos sujeitamos a isso quando nos cadastramos no serviço, fora que acho que cada usuário é que tem que cuidar de sua privacidade e segurança no Internet, o sobre isso não tenho o que reclamar do pouco tempo que permaneci no Facebook, vi que ele tinha boas opções para isso e sempre usei.

Nessa corrida por audiência, a minha preocupação é segurança dos usuários desses serviços. Seja qual serviço for, inclusive o Google+, que ainda está sendo implantado, e as APIs ainda não estão tão abertas assim ao público em geral, mas é questão de tempo que vão abrir.

Essas redes se enchem de aplicativos, extensões, APIs, encurtadores de url… e devemos tomar muito cuidado com tudo isso.

Essa semana tive uma grande decepção, andei vendo uns tweets atribuídos a mim, que sinceramente não lembre de ter feito. E olha que sou usuário avançado, bem preocupado e cuidadoso com segurança em Informática.

Dando uma busca pelo Google por ‘hacker twitter’, achei vários tutoriais sobre como fazer, sendo que um dos vídeos tutorias, é ridículo de tão fácil como se fazer isso. Naturalmente, não vou postar esse tipo de coisa aqui para não divulgar esse desserviço.

Penso que o Twitter tem que se cuidar mais sobre segurança, pois ele já tem o costume de muitas vezes estar fora do ar, devido a seus servidores; e mais isso traz a perda de credibilidade. E o Google+ está aí.

Ando já pensando em fechar meu login no Twittter, e mais essa agora… Pode ser o motivo derradeiro. Gosto do Twitter, mas não posso negar a superioridade do Google+. Fora isso também existem outras redes de microblogs, que talvez tenham mais preocupação técnica com a segurança dos usuários.

, , , ,

  1. #1 por beatrice em fevereiro 1, 2012 - 1:57 pm

    entao adorei esse texto e tenho uma pergunta será que vc sabe me dizer com ser amigavel em redes sociais?

    • #2 por Ricardo Borges em fevereiro 1, 2012 - 8:00 pm

      Agradeço pelo elogio, mas quanto a pergunta acho que isso depende de cada um, mas é bom observar regras desses locais, etc…

    • #3 por Elisabete em janeiro 19, 2013 - 8:35 pm

      Ricardo, pelo excelente texto, eu dou a minhas congratulações a você, pergunto: cada vez mais existem “pegadinhas” na internet, espiões, perfis falsos, hachers, enfim, um perigo contante, portanto, o mais seguro seria não usar a internet? Decisão radical? Outra pergunta é você tem um blog para que possamos tirar dúvida? Qual o seu contato? Obrigada. Elisabete.

      • #4 por Ricardo Jorge em janeiro 19, 2013 - 11:09 pm

        Oi minha querida Elisabete. Não tem como fugirmos da Internet, só que é preciso ter consciência de limites, de modo que privacidade e segurança sejam mais protegidas.
        Só tenho esse blog e outro de História.
        E contato, você sabe como me achar. Beijos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: