A loucura das redes sociais

Sou um mero usuário avançado de pc, que nas horas vagas gosta de descobrir a mais diversas novidades desse mundo tecnológico.

Como não podia deixar é claro que tive também a curiosidade sob as redes sociais. A verdade é que se tem um quadro bastante confuso de qual rumo se deve tomar.

Há os padrões, hoje, temos o social network Facebook e o microblog Twitter, como as estrelas, mas já existiram outras tops; aqui no Brasil o Orktut, ainda, tem superioridade sobre o Facebook.

E olha que mais recentemente, a Google não satisfeita com seu social network Orkut, microblog Google Buzz, resolveu lançar mais uma rede social, a Google+.

Fico imaginando, a confusão que isso causa em muitos usuários, de qual serviço deve usar e como usá-lo. Sinceramente, eu acho isso tudo desumano, pois acabamos sendo vítimas de uma guerra de audiência dessas empresas e seus serviços.

Felizmente ou infelizmente, eu sou de um seleto grupo de usuários que tem uma certa desenvoltura com esse ramo da tecnologia.

E baseado nisso vou deixar minha opinião, meramente, pessoal.

No meu caso, rede social que me satisfaz é a que produza conteúdo.

Esse negócio de ficar sendo inundado de convites de aplicativos chatos, ‘acompanhando’ joguinho dos meus contatos e outras tantas futilidades… não é comigo.

O Orkut, quando começou com essas práticas começou a ficar desagrádavel, pelo menos para mim, e olha as comunidades dele são até interessantes, apesar do nível ter decaído.

Nessa linha de pensamento, dou importância a busca de conteúdo, e devo dizer que me decepcionei com o Facebook, para esse fim. Sua ferramenta de busca é toda voltada para características dele: usuários, páginas, grupos e aplicativos.

Uma lástima, uma rede social que beira a quase 1 bilhão de usuários não atentar a algo tão simples, coisa que o Orkut faz. Bom nesse ponto deixo aqui meu elogio ao Twiiter, sua ferramenta de busca nos remete a opiniões de usuários, com até sugestão dos mesmos de links.

Mais uma opinião pessoal quanto ao Facebook, é muito bom os serviços disponibilizados pelo Facebook, de páginas e o famoso botão ‘Curtir’ – esse recurso acabada sendo muito usado por empresas ou mesmo usuários em busca de divulgar algo.

Mas ando temeroso por isso, por tais serviços tão interessantes ficarem, demasiadamente, misturados nas timelines, com os aspectos negativos citados nesse texto.

Claro, a timeline do Twitter também não estará livre de algo similar, mas dentro de suas características de uso.

É ‘preço negativo’ que eles vão pagar pelo seu sucesso.

Bom nesse ponto é até bom, termos várias opções de redes sociais, porque vamos priorizar a que mais se identifica com as nossas pretensões.

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: